quarta-feira, 23 de abril de 2014

Resenha: Capitão América 2

Olá pessoas!
Ah... Nada como postar apenas quando me dá na telha, sem pressão ou trabalho. E ainda mais após um feriadão de descanso contínuo e prolongado (a redundância foi proposital). Pois bem, hoje arrumei um tempinho para resenhar um ótimo lançamento nos cinemas: Capitão América 2 e a Origem da S.H.I.E.L.D. Ops, spoiler logo de cara é sacanagem. Fazer o que, o povo errou no subtítulo da película. Entretanto, como diria Jigsaw, “vamos por partes”.

Para você que está perdido na vida e esbarrou neste blog nerd, saiba que Capitão América 2: o Soldado Invernal, é a sequência do primeiro filme do campeão da “era de ouro” mais norte-americano de todos os tempos. Aqui, o capitão Steve Rogers tem que travar uma guerra diferente da que está acostumado, caindo num cenário de conspiração e espionagem, onde seu inimigo pode ser quem ele menos espera e ninguém é confiável. Além disso, um fantasma do passado volta para assustá-lo na forma do Soldado Invernal, um experimento humano assim como o capitão, só que de seu pior inimigo.


Clichês a parte, o filme é ótimo! Sério, fiquei surpreso. Não fazia ideia do que esperar deste filme até sentar no cinema e sair de lá muito satisfeito. É evidente que ele não tem um roteiro primoroso ou inovador, parecendo mais um “Jason Born super-herói” da vida, e nem os personagens mais carismáticos (ah Scarlett Johansson...) ou úteis (né, Falcão?). Entretanto, o filme compensa com cenas de ação fantásticas e uma boa continuidade na execução do roteiro, além de ser uma ótima e diferente história de super-heroísmo a qual já meio que nos acostumamos. E, de quebra, este é um filme sobre o Nick Fury e sua tão amada S.H.I.E.L.D., que põe tudo a perder devido o plano bem elaborado dos vilões da história (assista para saber mais!).


Nota: 4 de 5

Se a pergunta é “Capitão América 2 vale a pena?”, eu digo que sim, inclusive o investimento na pipoca e no refri. E o dublado não está mal. Entretanto, não apostaria meu dinheiro no 3D (o que já se tornou um fato consumado para a maioria do filme). Ah, o Soldado Invernal até que manda bem com seu braço robótico e máscara de Bane, mas aquele cabelo pra um soldado não convence. XD

Até and Bye...