quinta-feira, 10 de julho de 2014

One Piece: Caçadores #07 (Scarlet Port)

Olá pessoas!
Desta vez aconteceu tanta coisa durante a sessão que foi impossível resumir. Muitas verdades importantes foram ditas e os protagonistas descobriram que não estão tão só quanto poderiam supor. Fantasmas do passado foram revelados e agora a história se tornou mais pessoal e interessante. Infelizmente, porém, esta sessão foi a última antes do nosso recesso forçado, ficando o gostinho de quero mais após tantas coisas importantes para serem resolvidas.


ARCO 04 - SCARLET PORT
TENRYUUBITO (8ª Sessão)
Saer, o "louco", ou Senel Arthur.
Dash (Bulba), Steven e Saer se olharam. O encontro de três gerações de uma família condenada estava ali. Furioso, Dash começou a acusar o pai por ter sumido, enquanto que cobrava explicações de Saer por jamais ter revelado ser seu avô. Por outro lado, Steven se defendia afirmando que fez o que fez para proteger Dash e sua esposa, já que seu pai havia destruído o destino dos Senel (nome da família). No meio disso, Saer, que na verdade se chamava Arthur, pedia apenas desculpas por tudo, tendo feito o que fez por achar ser o correto. Sem aceitar qualquer desculpa, Steven sacou sua arma e exigiu que Saer se rendesse. Durante a confusão, todos os tripulantes da T.A.R.D.I.S. acordaram e vieram ao socorro de Saer. D. Ten (Leish) argumentou veementemente que Saer era um deles e que nada justificava abandoná-lo, cobrando que o velho ficasse no navio e sendo ajudado pelo choro copioso de Gwen. Em resposta, Saer disse que ficaria, mesmo antes tendo aceitado partir, e explicou a todos a história de seu passado.

Arthur, ou Saer, era um marinheiro de renome, mas fora preso ao ajudar Gol D. Roger, o rei dos piratas, a fugir. Foi nessa oportunidade que ele conheceu Crocos (o velho que cuida da baleia Laboon na entrada da Grande Rota), um antigo tripulante de Roger. Ele foi preso por Lupin D. Eight, avô de D. Ten e melhor amigo de Arthur na época. Antes de ser preso, porém, ele pediu que Eight ficasse de olho nos seus filhos: Steven e Angie. Steven acabou ficando em Lockhart, a cidade natal da família Senel, onde sofreu do preconceito do povo local pelo ato hediondo de seu pai. Já Angie foi levada para ficar com um dos irmãos de Arthur, Garrow, numa vila afastada da Red Line. Foi lá onde ela conheceu, já adulta, D. Nine, e com quem teve um filho: Yuri (TL). Abismado, Yuri descobriu não apenas quem era sua mãe, mas também o motivo de Saer tê-lo dado um pingente com uma foto dela. Ele era seu avô, e D. Ten era seu meio irmão. Mas, Arthur continuou, Angie foi morta durante um ataque da Marinha quando Yuri ainda era um bebê, ajudando Nine a fugir. E foi assim que tudo aconteceu, para a revolta de Steven, que culpa o pirata que seu pai se tornou e o pirata que destruiu a vida da sua irmã por todo infortúnio de sua vida e pelo que foi obrigado a fazer para garantir o bem estar da sua própria família. Entretanto, ele aceitou ir embora sem causar mais transtornos, afirmando que depois resolveria o caso pessoalmente com Saer.

June, filha de Annete.
Após o choque de realidade, os jovens refizeram as contas. Yuri e Ten eram meio irmãos, e Yuri era primo de Dash. Saer, ou Arthur, era o avô de Yuri e Dash. Agora faltava encontrar Nine para esclarecer tudo o que houve, tanto para seus filhos quanto para Jax (Joka), que estava perdido no tempo. June então chegou ao navio, conforme havia combinado com Jax para darem uma olhada na cidade e procurar por Igor, um velho nakama do faxineiro. Ele, D. Ten e Dash seguiram June, que no caminho apresentou seu namorado, Laert, um talentoso mestre dos vinhos. Já Yuri e Takeshi saíram para se divertir após tantas revelações e procurar por Ruby, que ainda não tinha retornado da noitada. Os garotos acabaram conhecendo um mendigo estranho que relevou saber onde Ruby poderia estar, mas os alertou que se tratada de um local perigoso conhecido no submundo por vender escravos.

Antes que pudessem voltar, porém, eles foram surpreendidos com um movimento incomum na cidade. As pessoas pararam onde estavam e se ajoelharam para permitir a passagem de um Tenryuubito e sua companhia, juntamente com o prefeito local a bajulá-lo. Ao ver aquele ser de “sangue divino”, Jax foi acometido por uma fúria incontrolável, atacando-o para o desespero de todo o povo local. O Tenryuubito, sem entender o que estava acontecendo, apenas começou a atirar nos “insetos” que o estavam incomodando, sobrando até pra Takeshi e Yuri que nada fizeram. Vendo que o caos poderia tomar conta da cidade, Ten pensou rápido e tornou toda aquela situação numa boas vindas bizarra, conseguindo convencer o Tenryuubito a esquecer de tudo e seguir em frente. Passado o problema, eles notaram que June havia sumido e suas amigas que estavam por perto estavam comentando que ela foi levada por um dos homens que acompanhava o Tenryuubito. Quando Yuri explicou o que podia ter ocorrido com Ruby, todos ficaram preocupados. Eles foram até a casa de Annete, amiga de Jax e mãe de June, e explicaram o que houve. Desesperada, ela implorou a ajuda dos caçadores, que prometeram trazer June de volta.

Voltando ao navio, sob chuva intensa, o grupo foi atacado pelos seus antigos conhecidos do CP-5 e alguns dos guarda-costas do Tenryuubito. A luta foi breve, onde o CP-5 se viu obrigado a fugir. Entretanto, o seu líder, Iladd, foi captura e forçado a cooperar com os caçadores. Eles prometeram que, caso obtivessem passes de caçadores legalizados pelo Governo Mundial, eles entregariam para Iladd o pirata Greyback, um dos mais caçados pela Marinha. Aceitando, Iladd foi solto prometendo encontrá-los durante a noite para fazer a troca.

* * * * *

Até a próxima, caçadores!

Nenhum comentário:

Postar um comentário